Infraestruturas Ferroviárias

Sinopse
A presente ação de formação foca-se na caraterização e papel das infraestruturas ferroviárias na cadeia logística de transportes. Competências de saída No final da ação da formação os formandos deverão ter conhecimento: – dos diferentes sistemas ferroviários, incluindo as politicas europeias definidas para o setor; – da realidade ferroviária nacional e a organização do setor; – do transporte ferroviário de Alta Velocidade e das principais redes a nível mundial, incluindo os aspetos construtivos e de mercado; – das caraterísticas e níveis de desempenho de uma rede ferroviária convencional; – da importância da resiliência das infraestruturas ferroviárias às alterações climáticas; – das particularidades e condicionantes das intervenções e da operação de uma via férrea.
Destinatários
Engenheiros Civis, profissionais ligados à área de planejamento de território e todos os interessados na temática.
Conteúdos programáticos
1ª Parte – Sistemas Ferroviários: enquadramento, tipos de sistemas de transporte ferroviário (LRT, Comboio convencional e AV), modelos de organização do setor, política europeia para o setor dos transportes, sistema ferroviário nacional. 2ª Parte – Transporte ferroviário de Alta Velocidade: redes ferroviárias de Alta Velocidade (Alemanha, França, Espanha, Japão, etc.), aspetos técnicos e construtivos, enquadramento de mercado, questão da bitola, AV em Portugal. 3ª Parte – Rede Ferroviária Convencional: principais caraterísticas e níveis de performance, condicionantes e limitações e resiliência às alterações climáticas. 4ª Parte – Operação e Manutenção de Vias Férreas: Intervenções de modernização e de manutenção, operação ferroviária.
Observações
Idioma: Português

Se pretender ficar em lista de espera, por favor registe-se aqui

Partilhe a engenharia que há em tudo o que há
Poderá gostar também...

Acompanhe as nossas notícias em HáEngenharia.pt