Introdução às Alterações Climáticas

Sinopse
A ação de formação tem por finalidade desenvolver conceitos fundamentais na área das alterações climáticas, numa perspetiva multidisciplinar e com foco nos dados atualizados da ciência, através de abordagens integradas e/ou setoriais. No último módulo serão destacadas as oportunidades potenciais de uma economia de baixa carbono.
Destinatários
Membros e não membros. Engenheiros, estudantes de Engenharia e de outras áreas, profissionais que trabalham em Engenharia, professores de todos os níveis de ensino e profissionais de todas as áreas interessados no tema.
Formador/a
Cristina Calheiros é Engenheira do Ambiente e Doutorada em Biotecnologia (Universidade Católica Portuguesa). É membro sénior da Ordem dos Engenheiros e Vice-Presidente da Associação Nacional de Coberturas Verdes (ANCV). Atualmente é investigadora científica no CIIMAR-Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto. Atua em diversas áreas, nomeadamente: soluções baseadas na natureza envolvendo leitos de plantas, ilhas flutuantes e coberturas e paredes verdes, no contexto de mitigação e adaptação às alterações climáticas, biorremediação, fitorremediação de solos e águas, gestão, tratamento e valorização de águas e resíduos, desenvolvimento rural, educação ambiental e para a sustentabilidade. Iniciou o seu trabalho no Imperial College of Science Technology and Medicine (UK) e Slater UK, Limited, passando depois pelo CBQF-Centro de Biotecnologia e Química Fina da Escola Superior de Biotecnologia da UCP. Tem integrado vários programas de interação de modelos de negócio para tecnologias desenvolvidas no meio académico. Participou no grupo multidisciplinar para a elaboração do guia técnico português para o projeto, construção e manutenção de coberturas verdes. Lecionou na ESB-UCP e é atualmente Professora convidada na Faculdade Ciências da U. Porto e na University of Saint Joseph – Macau SAR/China. Responsável por prestar formação, coordenação e orientação em módulos de cursos de especialização tecnológica e Formação ao longo da vida. Fez o curso do Climate Reality Leadership Corps, em Berlim (2018). Integra várias redes de cooperação científica a destacar a Thematic Network COST Action CA17133 – Circular City – Implementing nature based solutions for creating a resourceful circular city. Carlos Fulgêncio é o coordenador nacional da equipa do The Climate Reality Project®, eleito em junho de 2019. Fez o curso do Climate Reality Leadership Corps, com Al Gore, em São Francisco, em 2012, e é mentor na organização desde junho de 2018. Acompanha a temática das alterações climáticas e os movimentos internacionais de ação climática há quase uma década. É formador de ambiente e de alterações climáticas, entre outras matérias, junto de várias instituições em Portugal e consultor associado da empresa Blue Sky (grupo Capita, plc) no Reino Unido. Foi representante do Movimento Católico Global pelo Clima em Portugal e um dos fundadores do projeto Scientists Warning, agora uma fundação com sede na Califórnia, de que foi o primeiro delegado nacional. Foi também um dos fundadores da associação ambientalista ZERO e do Fórum Energia e Clima dos países de língua portuguesa. É o único europeu distinguido com o Green Ring Award, “em reconhecimento pelo trabalho notável [feito] para resolver a crise climática”, que recebeu das mãos de Al Gore, fundador do Climate Reality, em junho de 2018. Em outubro de 2020 foi designado pelo semanário Expresso como um dos 50 especialistas que marcarão o futuro do debate sobre as alterações climáticas em Portugal no âmbito do projeto “50 para 2050”.
Conteúdos programáticos
  1. Clima e alterações climáticas — conceitos fundamentais | 2 horas, sessão síncrona
◦ De que falamos quando falamos de clima e de alterações climáticas? Conceitos fundamentais: efeito de estufa, sistema climático, modelo climático, aquecimento global Como sabemos se o clima da Terra está a mudar? Reconhecer as principais evidências Conceitos fundamentais: intensificação do efeito de estufa, temperatura média global da superfície, anomalias, limites planetários ◦ Fontes de informação científica e institucional de acesso livre Recursos fundamentais: fontes (1) gerais (nacionais e internacionais), (2) da U.E. e (3) bases de dados e fontes temáticas especializadas
  1. As causas e os efeitos das alterações climáticas | 1,5 horas, sessão síncrona
◦ As principais causas Conceitos fundamentais: GEEs, fontes de GEEs, composição das emissões, as causas antropogénicas ◦ Os principais efeitos Conceitos fundamentais: os custos naturais, económicos e humanos do carbono ◦ O consenso científico Conceitos fundamentais: a posição das principais sociedades científicas e das agências governamentais e intergovernamentais
  1. Soluções — as principais respostas à crise climática | 1,5 horas, sessão síncrona
◦ Mitigação e adaptação Conceitos fundamentais: mitigação, adaptação ◦ Sumidouros e serviços de ecossistema Conceitos fundamentais: sumidouro, sumidouros naturais: o uso do solo (LULUCF/LUCF) e as zonas húmidas, serviços de ecossistema, capital natural, soluções tecnológicas A transição energética Conceitos fundamentais: eficiência energética, fontes de energia renovável e hipocarbónicas
  1. Oportunidades para uma economia de baixo carbono | 2 horas, sessão síncrona
◦ A UNFCCC e o Acordo de Paris Conceitos fundamentais: a convenção-quadro e as COP, 1,5ºC vs. 2ºC, NDC, “neutralidade climática” O Pacto Ecológico Europeu Conceitos fundamentais: domínios de intervenção, Estratégia Europeia para a Biodiversidade, “do prado ao prato”, Lei Europeia do Clima ◦ Os mercados de carbono Conceitos fundamentais: licenças de emissão, mercados de carbono, cap & trade, CELE ◦ Instrumentos financeiros para a transição Conceitos fundamentais: Quadro Financeiro Plurianual (2021-2027), Next Generation EU e PRR, Fundo para a Transição Justa (2021-2027) ◦ Os principais instrumentos jurídicos nacionais Recursos fundamentais: Itinerários legislativos em Portugal — QEPiC, PNAC 2020/2030, ENAAC2020, RNBC e RNC2050, PNEC2030
  1. As soluções baseadas na natureza para apoio à mitigação e adaptação às alterações climáticas | 1 hora, sessão assíncrona
◦ Infraestruturas verdes e Soluções-Baseadas na Natureza Conceitos fundamentais: Infraestruturas verdes e Soluções-Baseada na Natureza Estratégia da U.E. para a integração de infraestruturas verdes Conceitos fundamentais: Infraestruturas verdes no domínio das várias políticas da U.E. ◦ Integração de soluções ao nível dos edifícios e dos territórios Conceitos fundamentais: Exemplos de casos
Observações
Idioma: Português.
Brevemente
Dúvidas?
Partilhe a engenharia que há em tudo o que há
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on google
Poderá gostar também...

Acompanhe as nossas notícias em HáEngenharia.pt